6 dicas para a sua empresa aumentar a conversão de leads nas landing pages

Se você já é um pouco familiarizado com Marketing Digital, agora aprenda como bombar a taxa de conversão da suas Landing Pages.

 

Seja no mundo real ou virtual, conseguir a atenção das pessoas não é fácil hoje em dia. Diariamente vemos novos estudos e teorias que focam nos mínimos detalhes para atrair e reter melhor a atenção do consumidor. Essa é uma realidade em todos os mercados e deve ser aplicada em qualquer meio ou material de comunicação, desde de um flyer até  Landing Pages.

 

A Landing Page é uma importante peça para a geração de oportunidades de negócios para a sua empresa, portanto, o volume de leads conquistados é um fator determinante para tal objetivo. Criamos um conteúdo em que vamos mostrar 6 práticas que fazem toda a diferença na hora de capturar leads em sua Landing Page.

1 – Use Argumentos de Autoridade/Prova Social

 Nada melhor do que o boca-a-boca para passar credibilidade. É algo natural do ser humano, nós confiamos e interagimos mais quando vemos que existem outras pessoas dentro do mesmo contexto. Ex: Ninguém entra em restaurante vazio. Outro fator que nos passa credibilidade é quando temos alguma validação de autoridade. Ex: Quando queremos um produto ou serviço de qualidade tendemos a ir em uma loja credenciada/autorizada. 

 

Chamamos isso de prova social, e aqui listamos algumas maneiras de fazer isso na sua Landing Page:

  1. Mostrar a quantidade de curtidas, compartilhamentos e/ou comentários de sua Landing Page nas redes sociais
  2. Mostrar a quantidade de downloads do conteúdo ofertado
  3. Mostrar a quantidade de franqueados e/ou clientes de sua empresa/marca
  4. Mostrar depoimentos de stakeholders satisfeitos com a empresa/marca
  5. Mostrar certificados de qualidade obtidos pela sua empresa/marca
  6. Mostrar links para matérias na mídia sobre a sua empresa/marca

2 – Faça Formulários Sob Medida

Como mencionado anteriormente, prender a atenção dos consumidores está cada vez mais difícil. Por isso, temos que refletir o quão importante é o conteúdo que estamos oferecendo ao usuário para determinar o quanto vamos pedir de informação a ele.

 

Quanto mais relevante o conteúdo, mais disposto o futuro lead estará para preencher os campos dos formulários.

 

Mas, se você está na dúvida, opte por pouco campos, e pese bastante quais informações você realmente necessita para manter contato com o lead. De acordo com uma análise realizada pela RD Station com sua base de clientes, a redução de 6 campos para 3 campos pode aumentar em até 70% a taxa de conversão.

Ex: Se o seu contato será apenas por email, não há necessidade de pedir também o telefone.

3 – Mais Imagens e Menos Textos

O esforço cognitivo do ser humano para racionalizar e lembrar de uma imagem é muito menor do que de um texto. Vivemos na era das imagens, no qual os textos para chamar a atenção devem ser curtos e objetivos.  

 

Além de estudos podemos ver na prática a dominação das imagens, seja na internet em redes sociais como o Facebook e Instagram, ou fora dela, quando vemos um aumento expressivo na quantidade de imagens usadas em revistas, livros e jornais se comparado há 10 anos atrás.

 

Veja no infográfico produzido pela agência NeoMam uma série de estatísticas que comprovam essa realidade 

 

Portanto, é importante ter ao menos uma imagem, foto ou infográfico em sua Landing Page remetendo ao conteúdo ofertado. Mas, cuidado para não usar imagens mal produzidas ou que não tenham ligação com o conteúdo ofertado, pois isso pode frustrar o usuário e você perderá o lead posteriormente.

4 – Use Gatilhos de Motivação

Os gatilhos de motivação servem para estimular o consumidor a tomar uma ação por impulso. Podemos usar um gatilho que quebre a objeção do consumidor, por exemplo, dizendo que o conteúdo ofertado é grátis.

Mas, também podemos usar um gatilho que estimule uma ação usando palavras de urgência e/ou imperativas como “Por tempo limitado”, “não perca!” “Receba agora”.

Os gatilhos para serem mais efetivos devem estar bem destacados na Landing Page, com cores em contraste, fontes maiores ou dentro de uma área delimitada.

5 – Estruture bem os Espaços de sua Landing Page

Poluição visual é extremamente prejudicial para a taxa de conversão de uma Landing Page. Muita informação, passada de maneira desorganizada, pode deixar o usuário sem foco. A Landing Page deve ser um lugar objetivo que serve para o usuário tomar uma ação o mais rápido possível, seja ela baixar um e-book ou solicitar um orçamento.
Portanto, devemos pensar no caminho que queremos guiar o usuário de modo que ele não se perca.

 

Separe o conteúdo da Landing Page em grupos e certifique-se de que eles estão bem delimitados.

Ex: Grupo 1 – Cabeçalho, Grupo 2 – Formulário, Grupo 3 – Argumentos/Explicação do conteúdo ofertado, Grupo 4 – Indicador de confiabilidade/Depoimento de um cliente.

6 – Tenha um Cabeçalho Atraente

Já enfatizamos que a Landing Page deve ser simples e objetiva, mas o cabeçalho deve ser extremamente atraente, pois ele será a porta de entrada do seu futuro lead! Nele devem conter apenas o logo da empresa, um título e um sub-título.

 

Seu título deve destacar o conteúdo ofertado de forma que desperte o interesse do usuário a querer saber mais sobre o conteúdo de sua Landing Page. Se você faz Adwords em sua campanha, use no título alguma palavra-chave buscada pelo usuário.

 

Dica: Use no máximo 7 palavras no título.

Conclusão

Esses são alguns dos principais “detalhes” que fazem toda a diferença para o sucesso de sua Landing Page e, consequentemente, para o seu negócio. Mas, como dito antes, sempre surgem novos estudos e teorias, por isso é importante ficar atento às novidades. Conte conosco para isso!

 

Veja aqui alguns exemplos de Landing Page de sucesso que separamos para você

Felipe Zorzi Sobre o autor

Ex-JWT e Almap BBDO, liderou projetos globais para Visa e J&J, e também Editora Abril, onde atuou na área de marketing da revista Veja.

No Comments

Deixe um comentário