A linguagem digital altera a autoridade de uma empresa na internet?

A transformação digital trouxe novos hábitos para o consumidor: hoje ele é mais bem informado, pesquisador e exigente. Afinal, com acesso em tempo real a qualquer conhecimento, o comportamento no processo de compra mudou bastante. Para acompanhar essa tendência, as empresas precisam desenvolver seu posicionamento usando a linguagem digital.

 

Presença online hoje é requisito em qualquer nicho de mercado, isso porque a maioria dos consumidores pesquisa na web antes de comprar. Existem muitas estratégias para engajar e interagir com o público-alvo, e para isso é preciso estabelecer a voz da marca. Confira, neste texto, como usar a linguagem digital para gerar relacionamento e autoridade para a sua empresa.

 

Como descobrir qual linguagem digital usar?

 

Páginas nas redes sociais, atendimento por chats, participação em fóruns e outras plataformas virtuais trazem uma nova postura nas empresas. Não significa, é claro, a inserção de emojis ou piadas a cada comunicado com a audiência. Contudo, é preciso ter uma padronização na comunicação, isso é chamado de voz da marca.

 

Esse tom é o que facilita a conexão com clientes, destacando a sua empresa pela personalidade com que se relaciona. Veja abaixo 5 passos para ajudá-lo a descobrir o tom da sua marca:

 

  1. clareza do propósito da empresa: estar alinhado ao objetivo, princípios e valores é fundamental;
  2. descoberta do público: ao entender quem é a sua persona, você vai além do nicho e dados demográficos e percebe os maiores desejos e dores do seu cliente;
  3. análise das comunicações e conteúdos existentes: faça uma investigação de tudo o que a empresa já produziu e observe como vocês se posicionam;
  4. levantamento dos canais usados: sua empresa está no Facebook, Twitter e usa e-mail marketing? Além de manter sua personalidade, cada mídia tem sua própria linguagem digital;
  5. avaliação da necessidade de reposicionar a comunicação: agora que você já coletou todos os dados necessários para entender a voz da sua empresa, é preciso decidir se essa postura reflete os valores e personalidade.

O que um tom de voz da marca precisa ter?

 

Depois de conseguir as informações para direcionar sua escrita, veja alguns detalhes que precisam ser definidos para criar a linguagem digital da sua empresa:

 

  • personalidade: pessoas gostam de se comunicar com outras pessoas, determine quais adjetivos expressam a sua marca;
  • tipo de linguagem: o tom é mais formal, informal, didático, leve, científico? Como você deve ter percebido, essa escolha é uma união da personalidade da empresa e da persona do seu negócio;
  • referências: existe outra marca que se comunica com o público da forma como você gostaria de fazer? Com o benchmarking talvez você encontre empresas do seu e de outros segmentos de mercado para inspiração;
  • o que deve ser usado e evitado: qualquer pessoa que escreva em nome da empresa deve saber os termos recomendados (não só para SEO) e também palavras e assuntos que precisam ser evitados ou até mesmo proibidos;
  • desenvolvimento de um manual de estilo: é o documento em que você reunirá todas as informações anteriores e outras observações para orientar os produtores de conteúdo;
  • criação de um personagem: existem muitas marcas como o Trello, Netflix e Ponto Frio que desenvolveram um personagem para interagir com a audiência. Caso seu segmento de mercado e persona permitam essa estratégia, tenha atenção para alinhar o personagem com os objetivos da empresa.

Para que usar essa linguagem?

 

Agora que você descobriu qual linguagem digital usar e como definir e documentar a voz da sua marca, talvez esteja se perguntando a finalidade disso. O normal é que a empresa conte com a ajuda de uma agência ou especialista para auxiliar nessa transição. Empresas de comunicação experientes em implementar estratégias de inbound marketing estão setadas para isso.

 

Viu como a linguagem digital gera autoridade e engajamento para a sua empresa? Para isso, conte com ajuda profissional para entender o propósito do negócio e sua persona, além da personalidade e mídias usadas. Documente as diretrizes de redação da empresa com um guia de estilo e desenvolva um personagem (se couber).

 

Se você gostou do texto, compartilhe nas redes sociais e ajude a multiplicar informação de qualidade para mais pessoas!

Felipe Zorzi About the author

Parcerias e Gerenciamento de Projetos

No Comments

Leave a Comment: