Naming para startup: como criar um nome eficiente para a empresa?

Diversos são os fatores que podem impactar positivamente um negócio. Especialmente para quem vai iniciar no cenário das empresas de tecnologia, a perspectiva de sucesso deve ser analisada sob os mínimos detalhes, a começar pelo nome. O naming para startup é uma das peças-chave para desenvolver campanhas de comunicação e criar uma identidade poderosa.

 

Pensando nisso, trouxemos algumas considerações relevantes para auxiliá-lo na missão de conceber um nome eficiente para sua empresa.
Siga a leitura e confira!

 

 

Como criar um naming para startup?

O processo de naming representa uma fase de extrema importância para qualquer organização — a escolha do nome para sua marca, produtos ou serviços.

 

A tarefa é bem mais complexa do que encontrar uma palavra que agrade ao empreendedor ou que ele julgue ser forte. O naming deve reforçar os atributos e a imagem do negócio no mercado.

 

O nome é o cartão de visitas da marca, a primeira forma de se estabelecer contato com o público e também o que constrói um vínculo afetivo, ou seja, o elemento pelo qual ela será lembrada. Por esse motivo, ao planejar o naming, devemos pensar em alguns aspectos como:

 

 

Evitar nomes longos e difíceis de pronunciar

É verdade que o nome de uma startup tem que estar associado à atividade desenvolvida. Porém, quando ele é muito grande, maiores são as chances de os clientes em potencial se confundirem e o utilizarem incorretamente com frequência.

 

Por esse motivo, a definição de um bom nome deve começar levando-se em consideração 3 elementos básicos:

  • ser fácil para as pessoas falarem;
  • ser de fácil memorização;
  • ser universal, funcionar em outros idiomas.

 

 

Decidir o nome

Neste ponto, é chegado o momento de elaborar uma grande lista com os possíveis nomes — abuse da imaginação. Faça, então, uma shortlist com a média de 20 opções; cole-a na parede e comece o processo de seleção.

Ao final, o mais conveniente é escolher 3 nomes e mantê-los estrategicamente. Você vai precisar ter algumas cartas na manga caso algum deles esteja indisponível para uso.

 

 

Pesquisar a disponibilidade do nome que você pretende usar

Definida a opção que mais lhe agrada, o próximo passo é verificar se já existe alguma empresa trabalhando com o mesmo nome. Faça uma busca pela internet ou procure essa informação junto ao órgão de registro de marcas (INPI).

Esta é uma etapa importante no processo de naming para startup, pois evita a perda de tempo e recursos no desenvolvimento de um nome que não poderá ser usado.

 

 

Qual a relação do naming com o branding?

O branding representa uma fase posterior à escolha do nome. É o momento de construção da marca perante o mercado, uma vez que o naming já foi definido e formalizado.

 

Nesse contexto, a função do branding é promover o alcance e o engajamento do público-alvo por meio de interações dinâmicas, a exemplo de:

  • slogans: frases que se fixam facilmente na memória, ou expressão repetitiva de uma ideia;
  • taglines: frases marcantes que funcionam como referência da marca ou produto, às vezes chegam a fazer, inclusive, parte da cultura popular.

 

 

Que tipos de nomes que podem ser criados?

 

Funcionais descritivos

São aqueles que caracterizam os tipos de produtos ou serviços oferecidos. Os nomes descritivos têm por objetivo informar a todos a natureza do seu negócio. Exemplos: Nescafé, Polishop, Netshoes.

 

Patronímicos

Os patronímicos são nomes de pessoas que guardam alguma ligação com o produto ou serviço — fundador da empresa, inventor ou dono da patente. Enfim, alguém que teve um papel importante na criação ou no desenvolvimento da atividade. Exemplos: Walt Disney, Colgate, Ferrari.

 

Inventados ou fantasiosos

Os nomes inventados ou fantasiosos têm como foco a inovação; usam-se palavras que não exprimem relação lógica com a empresa, podendo ter várias origens. A vantagem do nome fictício está na facilidade para registrá-lo, pois ele é único e o diferencia de imediato dos demais negócios.

 

O processo de naming para startup tem como principal finalidade reforçar a identidade da empresa perante seus consumidores. Quando é bem planejado, torna-se capaz de reforçar e estreitar a relação com os clientes e aumenta as chances de sucesso.

 

Gostou do post? Então aproveite para assinar a nossa newsletter e receber diretamente no seu e-mail outros conteúdos exclusivos

Rina Ferrarezi Sobre o autor

Criação

No Comments

Deixe um comentário