5 itens que você precisa dominar no Search Engine Marketing (SEM)

5 itens que você precisa dominar no Search Engine Marketing (SEM)

Search Engine Marketing (SEM), ou marketing em mecanismos de buscas, é uma estratégia que agrega diversas técnicas para fazer a promoção de uma empresa na internet.

Quando um usuário tem uma dúvida sobre algum assunto, ele, muitas vezes, procura por respostas online. Por isso, aparecer entre os resultados é essencial para quem investe em marketing digital, pois gera um aumento nas visitas de potenciais consumidores ao site e mais oportunidades comerciais.

Quer entender mais sobre essa estratégia? Então, confira cinco aspectos do SEM que todo profissional de marketing precisa conhecer!

1. Diferença entre SEO e SEM

A similaridade das siglas pode causar confusão. Afinal, tanto SEO (Search Engine Optimization) quanto SEM têm, como principais objetivos, aumentar o tráfego de um site e gerar mais oportunidades de negócios.

A diferença é que as técnicas de SEO focam em obter um ranqueamento melhor em buscadores sem investir em anúncios. Para isso, aprimora-se a estrutura e os conteúdos do site, a segurança e as estratégias de uso de links, por exemplo.

Já as estratégias de SEM, no entanto, são mais abrangentes: incluem os anúncios que aparecem em resultados de pesquisas, em sites e aplicativos de parceiros.

2. Técnicas de SEO

Quando uma pesquisa é realizada, o buscador mostra resultados orgânicos e patrocinados. Geralmente, os anúncios ficam no início, no fim e à direita da página, enquanto os links comuns ocupam a maior parte da tela do internauta.

Esse pode ser um dos motivos pelos quais muitas pessoas preferem os resultados naturais: de acordo com um estudo, campanhas do Google Ads têm uma taxa de clique médio de apenas 2%.

Sendo assim, é importante otimizar o site para ranquear bem nos buscadores. Em longo prazo, isso gera resultados sensacionais devido à diminuição da necessidade de pagar anúncios, ao aumento das visitas orgânicas e ao retorno sobre o investimento.

3. Palavras-chave nos links patrocinados

As palavras-chave são um dos elementos mais relevantes em estratégias de Search Engine Marketing. Não é por acaso que profissionais pesquisam tanto as expressões mais utilizadas pelos usuários para inserir esses termos em seus conteúdos e anúncios.

É importante notar que, além de gerar visitas mais qualificadas no site, a escolha desses termos está relacionada ao valor que a empresa pagará por suas campanhas de links patrocinados.

Google Ads e outras soluções similares costumam cobrar por CPC (Custo por Clique), no formato de leilão, levando em consideração aspectos como concorrência e relevância das palavras-chave.

Uma dica interessante é inserir palavras-chave de cauda longa nas campanhas, pois o volume de busca por termos muito específicos costuma ser menor, assim como a sua concorrência e, por isso, paga-se menos por cliques nesses anúncios.

4. Importância do SEM em estratégias digitais

É claro que empreendedores podem crescer apenas com redes sociais e e-mail. No entanto, a sociedade continuará pesquisando por informações no Google — onde muitas outras marcas estão.

Estar nos buscadores é muito importante para empresas da atualidade. Gestores que querem utilizar esse universo para ganhar mais clientes precisam garantir bons posicionamentos. Para isso, é necessário investir em Search Engine Marketing, seja apenas com SEO ou com anúncios.

5. Expertise em Search Engine Marketing

Soluções como o Google Ads podem ser confusas para muitas pessoas. Mesmo quem consegue utilizá-las e encontrar todas as opções, nem sempre entende o que cada funcionalidade significa e como influencia no valor pago e na performance dos anúncios.

É preciso saber o que são impressões, taxa de cliques e índice de qualidade, assim como entender o funcionamento de leilões, segmentações geográficas, formatos, testes A/B, acompanhamento de resultados, entre outras habilidades.

Por envolver tantos detalhes técnicos, é recomendável contar com profissionais especializados no assunto, seja internamente ou por meio de uma agência especializada.

Como vimos, os gestores podem escolher entre apenas aprimorar os conteúdos e a estrutura de seu site ou investir em uma estratégia de Search Engine Marketing mais robusta, incluindo as campanhas de links patrocinados. O importante é estar presente nos buscadores e garantir o seu lugar ao lado — ou melhor, à frente — da concorrência.

Você acha que a sua equipe precisa de ajuda na criação de campanhas de SEM para obter melhores resultados? Então, entre em contato conosco!

Ricardo Abellan